Retrô Hair

Há tempos meu chefe vem me chantageando para cortar o cabelo: o pior é que ele não tava errado. De fato minha juba estava comprida demais, com pontas ressecadas e sem o menor corte. Eu acabava enrolando por falta de tempo, até que lembrei de um salão que vi uma vez na Rua Augusta e que fiquei morrendo de vontade de experimentar: o Retrô Hair.

 

Isso porque o lugar é lindo de morrer e só de bater o olho você já tem vontade de entrar. Fui pesquisar mais a respeito e só vi boas recomendações. Tudo pareceu se encaixar, até o horário (do meio dia às 23h) que me possibilitava marcar o corte para depois do trabalho. E o melhor para uma pessoa que odeia falar no telefone: você pode marcar seu tratamento pelo site ou por Facebook.

 

Cada lugar para onde você olha, você descobre uma nova lindeza. Destaque para o carro antigo no meio do salão. Pode morar aqui?
Cada lugar para onde você olha, você descobre uma nova lindeza. Destaque para o carro antigo no meio do salão. Pode morar aqui?

 

Utilizei o site no domingo a noite e na segunda pela manhã já recebi a confirmação do meu horário. Dei uma pesquisada nos profissionais e dando uma fuçada no Facebook de um deles, o Tato Simão, vi que ele tinha feito bastante loiras e achei então que era o cara ideal para mim.

 

Cheguei no salão atrasada (shame on me), mas mesmo assim fui super bem atendida. Durante a espera você fica em um lindo lounge que possui máquina de café, bebedouro e uma geladeira cheia de Itaipava e Guaraná, que você pode pegar a vontade sem ter que pagar nada mais.

 

O Lounge.
O Lounge.

 

Depois de cerca de 15 minutos (que eu desconfio que todo mundo espera justamente para conseguir aproveitar os mimos do lounge) a assistente do Tato, a Gabi, me chamou para lavar meu cabelo. O que era aquela cadeira de lavagem? Muito confortável, sem aquela parte de plástico que faz o pescoço doer. Você se sente em uma poltrona reclinável e mesmo assim não se molha nada. Ao final da lavagem é perguntado se você aceita uma massagem nos ombros e nas costas. Poxa, depois de trabalhar o dia inteiro, tem como não? A massagem é rapidinha mas ótima, realmente você chega na cadeira relaxada e feliz da vida.

O lavador mais confortável da história.
O lavador mais confortável da história.

 

Todas as cadeiras (e olha que são várias) parecem um mini camarim.
Todas as cadeiras (e olha que são várias) parecem um mini camarim.

 

Foi aí que o Tato apareceu, super simpático e sem a megalomania que eu tanto temo em cabelereiros que olham meu cabelão longo. Todos querem sair radicalizando, dizendo que as pontas estão secas demais e que blablabla. Quando vejo, cortaram mais do que eu queria. Mas o Tato é super tranquilo e no papo descobri que ele faz muita loira de cabelo comprido como eu. Acertei em cheio na escolha. Mostrei uma referência já me desculpando e ele disse que dava sim para fazer parecido, mas que não ia cortar tão curto como na foto, pois sabe que quem tem cabelo longo é apegada aos fios. Aleluia! Um stylist que me entende. Mesmo assim fui querendo cortar uns 5 dedos e dar um jeito na franja que havia sido assassinada pela última tesourada.

 

O corte foi bem rápido, assim como a secagem (feita pelo Tato e pela Gabi e já inclusa no preço). No fim, quando me olhei no espelho abri um sorrisão: ficou exatamente como eu queria! O Tato definitivamente ganhou uma nova cliente.

Eu e o Tato: definitivamente meu novo hair stylist.
Eu, meu cabelo novo e Tato: definitivamente meu novo hair stylist.

Moral da história: o salão vale pela experiência, pela decoração e, claro, pelo serviço que presta. Gostei de tudo e com certeza vou passar a cortar lá.

 

O preço (R$50 homem/ R$70 mulher) é salgadinho perto do salão do meu bairro, mas a diferença de qualidade de espaço e atendimento é tão grande que eu realmente achei que valeu cada centavo.

IMG_3690

Me ganhou.

 

Endereço:
Rua Augusta, 902 – Jardim Paulista. São Paulo/SP
Telefone:
11 3100.1680 / 11 3151.5820
Horário de funcionamento:
De terça a sexta das 12h às 23h. Sábado das 10h às 20h.

4 comments

  1. Ele sempre foi caprichoso. Meus melhores trabalhos de escola foram feitos em parceria com ele. E as melhores peças de teatro também!
    Parabéns pela escolha viu. E parabéns ao Juninho também :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *