Um pequeno paraíso vintage.

Depois de ganhar o meu carrinho de avião bateu aquela dúvida: tentar eu mesma reformá-lo ou procurar alguém mais profissa para fazer isso por mim? Por mais que pudesse ser um orgulho pessoal poder falar que eu mesma customizei o carrinho, acabei achando melhor buscar alguém com mais experiência para me ajudar com isso, tendo em vista que o trolley ficará exposto na sala do meu futuro apartamento e que, portanto, precisa estar de fato bonito e não com cara de corte e cole de primeira série como provavelmente ficaria em minhas mãos. 

 

Além disso, apesar de estar em bom estado, um polimento nas partes de alumínio e uma boa higienização são mais que necessárias para que meu futuro barzinho cumpra com louvor seus objetivos. Definido isso, parti para a busca de alguma oficina especializada nesse tipo de recuperação e, confesso, não foi fácil achar. Por sorte me lembrei de um site que havíamos encontrado quando ainda nem tínhamos o carrinho e foi assim que entrei em contato com o Jair, da Hard Decor

 

Marcamos uma visita ao local, já com o carrinho no porta-malas e fomos conferir a oficina do Jair. Eu realmente não esperava grandes coisas, pois achava que ele só reformava o que levavam até ele, mas descobri um trabalho que vai muito além, já que o Jair garimpa lotes de antiguidades e reforma diversas peças que vão de geladeiras até ventiladores e cadeiras de barbeiro. Tudo de época.

 

A visita acabou se tornando um baquete para os olhos pois para cada canto que se olha, se encontra uma peça mais curiosa que a outra e muita coisa interessante. Para quem, como eu, adora uma pegada vintage e retrô, a vontade de levar metade das coisas é inevitável. Acabou que não só deixamos o carrinho lá para que ele fizesse uma pesquisa de técnicas e materiais para nós escolhermos o que fazer no carrinho, como acabamos levando uma linda banqueta que ele já havia reformado.

 

Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o cuidado do Jair em pesquisar sobre cada objeto e sua época e tentar reformá-lo sem perder muito de suas características originais. Outra coisa muito legal é que ele tenta sempre dar uma função legal para a peça como, por exemplo, um pedaço de asa de avião (sim, de verdade) que será transformado em uma mesa.

 

Realmente eu não conseguiria falar tudo o que tem lá, então tirei algumas fotos pra postar:

 

IMG_1541
Exemplo de antes e depois de uma peça: o mesmo modelo de ventilador como foi encontrado e depois de uma reforma.

 

IMG_1522
Na minha antiga agência, tem um megafone que anuncia as concorrências ganhas. Quando vi esse aqui, imaginei como seria ganhar uma concorrência há muuuuitos anos atrás, rs.

 

IMG_1523
Essa geladeira reformada estava linda e foi um dos exemplos que nos ajudaram a escolher a cor e acabamento do carrinho.

 

IMG_1526
Esse telefone ainda não havia sido reformado, mas eu simplesmente me apaixonei por ele com esses botões enormes.

 

IMG_1527
O Jair também capta placas de carro para criar essas customizações. Você pede um nome e frase e ele vai juntando pedaços de placas de vários lugares do mundo até formar o que você quer.

 

IMG_1528
Essa banqueta, não teve jeito: voltou com a gente pra casa depois da segunda visita à oficina. Além de servir de apoio para os pés, ela pode virar um banco para quando tivermos visita em casa e mesa de centro no dia a dia.

 

IMG_1529
Esse frigobar dos anos 50 tá lindinho. No dia estava sem a maçaneta, mas clicando na foto você vê como ele fica completinho.

 

IMG_1530
Algumas peças misturam uma estrutura vintage com tecidos mais modernos o que cria mais originalidade.

 

IMG_1531
Esse telefone já reformado mudou de cor mas mantém todas as outras características originais. O que achei legal é que ele é atualizado para funcionar direitinho no sistema de hoje.

 

IMG_1532
Alguns outros telefones a espera de reforma.

 

IMG_1533
Essa batedeira me chamou a atenção por um motivo muito particular: minha mãe tem até hoje uma igualzinha em total funcionamento.

 

IMG_1534
Claro que não poderia faltar uma máquina de costura Singer antigona e linda.

 

IMG_1535
Molduras, bandejas e impressões em azulejos cobrem as paredes da oficina.

 

IMG_1537
Este é um espelho de ônibus que achei muito legal para colocar em cima de uma porta.

 

IMG_1539
Latinhas que na verdade são telefones.

 

Fiquei pensando que esse é um lugar não só para pessoas que, como eu, estão montando apartamento, mas também para decoradores encontrarem peças bacanas para os clientes. Realmente eu tive que me segurar muito para não comprar mais coisa, mas realmente ter uma casa TODA vintage não é nosso objetivo. Das coisas que deixei pra trás acho que a que eu mais gostei foi o telefone dos botões grandes. Mas como eu já tenho um telefone sem fio novinho, não precisamos de fato de um outro telefone com fio. 

 

Quanto ao nosso carrinho, ficou lá para ser polido, higienizado e reformado. Assim que ficar pronto posto aqui o resultado. Mal posso esperar para vê-lo prontinho para uso.

 

Hard Decor
E-mail: contato@harddecor.com.br
Cel.: (11) 999607988
Loja: R. Coriolano, 1098 / Lapa
CEP: 05047-001 São Paulo – SP

 

 

Continue Reading

Brunch em Moema

Eu gostaria muito de ser uma pessoa que acorda cedo no final de semana e faz o dia render. Mas eu gosto muito mais de dormir. O único problema de dormir até mais tarde é acordar na hora do almoço e perder minha refeição preferida: o café da manhã. Por isso eu devo todo o meu amor ao dorminhoco/guloso que inventou o brunch que é basicamente um café da manhã mais parrudo, servido até a hora do almoço.

 

Sábado eu e o namorado não tivemos força para levantar cedo e quando acordei queria muito um café da manhã daqueles cheios de coisa. Propus um brunch em algum lugar novo e achamos um em Moema que chamou a atenção por ser perto, por ser servido até às 14h e por não ser tão absurdamente caro: o brunch do Pain et Chocolat.

Ambiente simples e gostosinho.
Ambiente simples e gostosinho.

 

Não conhecia o local, mas li boas coisas a respeito tanto do ambiente quanto das opções servidas. Realmente eu gostei muito. O buffet não tem fim de tantas opções. Impossível comer tudo mesmo que você pegue apenas uma unidade de cada coisa. Além de frutas, bolos, geléias, manteiga, leite, cereais, café, chá, água, sucos e frios, o brunch do Pain et Chocolat possui uma variedade impressionante de pães doces e salgados, além de ovo mexido, bacon, linguiça, salsicha, nuggets, mini panquecas americanas, mini waffles e uma batata cozinha com molho branco deliciosa. No site eles dizem que são mais de 100 itens e depois de conhecer eu diria que, mesmo sem ter contado, essa informação confere. 

 

Meus itens preferidos foram: a batata cozida, o pão de queijo, o pão de mortadela e o brioche recheado de chocolate que era simplesmente incrível.

 

Diversas opções de frutas e 3 tipos de suco. (Laranja, maracujá e suco verde que no fim foi substituído por suco de uva).
Diversas opções de frutas e 3 tipos de suco. (Laranja, maracujá e suco verde que no fim foi substituído por suco de uva).

 

Brioche, enroladinho de salsicha, pão de mortadela, pão de queijo, pão francês, pão integral, enfim, muitos, muitos pães.
Brioche, enroladinho de salsicha, pão de mortadela, pão de queijo, pão francês, pão integral, enfim, muitos, muitos pães.

 

Boa variedade de frios e complementos como cream cheese, manteiga e geléias.
Boa variedade de frios e complementos como cream cheese, manteiga e geléias.

 

Cereais, iogurte e até creme de abacate.
Cereais, iogurte e até creme de abacate.

 

A parte mais "parruda" do buffet traz nuggets, pastelzinho, salsicha, linguiça, bacon, ovo mexido e até mesmo uma deliciosa batata cozida ao molho.
A parte mais “parruda” do buffet traz nuggets, pasteizinhos, salsicha, linguiça, bacon, ovo mexido e até mesmo uma deliciosa batata cozida.

 

Enfim. MUITA comida.
Enfim. MUITA comida.

 

Muitos alimentos são servidos na versão mini, tamanho perfeito para um buffet com tantas opções.
Muitos alimentos são servidos na versão mini, tamanho perfeito para um buffet com tantas opções.

 

O ambiente é simples, mas bem gostosinho, com uma varanda dando a volta na casa de esquina, ficando debruçada sobre uma daquelas gostosas e arborizadas ruas de Moema. Quando eu fui havia um senhor tocando saxofone na rua ao lado (que é sem saída), e minha mesa dava bem de frente para essa parte. Tinha bastante gente, mas tinha mesa de sobra. Talvez pelo horário já que era meio-dia. 

A gostosa varanda.
A gostosa varanda.

 

Vista da minha mesa: uma simpática e arborizada rua sem saída.
Vista da minha mesa: uma simpática e arborizada rua sem saída.

 

Levamos o computador e, entre um pratinho e outro, pesquisamos e fechamos o roteiro da nossa próxima viagem o que fez o passeio ficar ainda mais gostoso.

 

Antecipando o clima da viagem.
Antecipando o clima da viagem.

 

Resumindo: indico muito o café da manhã/brunch do Pain et Chocolat que funciona aos sábados, domingos e feriados das 8h30 às 14 e custa R$35,90 por pessoa, mais dez por cento de serviço.

 

 

Endereço:

Rua Canário, 1301 – Moema, São Paulo/SP

Telefone:

11 5094.0550

Horário de funcionamento:

De terça a sexta das 10h às 21h.

Sábados, domingos e feirados das 8h30 às 21h.

Café da manhã/brunch: sábados, domingos e feirados das 8h30 às 14h.

 

Continue Reading

Trailer Camp

Estou simplesmente apaixonada pelo conceito deste Hostel que fica em Bonn, na Alemanha. Dentro de um galpão (sim, fechado, protegido de chuvas e trovoadas), se encontram 15 trailers reformados que servem de quartos para os viajantes.

 

Cada trailer tem um tema como Flower Power e Drama Queen e acomodam pequenos grupos.

bonnerinstallation6 bonnerinstallation7 bonnerinstallation11 bonnerinstallation12

bonnerinstallation bonnerinstallation3

z14750169Q,BaseCamp-Bonn-Young-Hostel-

Para quem vai sozinho, também tem amor em forma de acomodação: dois vagões de trem (um indoor e um outdoor) oferecem quartos para estadas curtas.

8632842252_8b89d23056_z

night-sleeper-inside2-920x390

zug-innen-6-920x390zug-innen-5-920x390

O nome do lugar é Base Camp Bonn Youth Hostel e eu amei tanto que estou quase colocando Bonn nos meus próximos planos de viagem!

Continue Reading

Rústico Chique

Tudo simples, tudo rústico, praticamente um improviso. Mas tudo tão lindo que eu só queria fazer compras nesse lugar.

marketOs caixotes super bem conservados ganharam um ar ainda mais bem cuidado com os pequenos letreiros com o nome dos alimentos. Assim não dá aversão alguma ver os legumes e pães em contato com a madeira, embora no caso do pão eu colocaria um papel rústico protegendo.

 

A bicicleta antigona escapando ali na imagem também ganhou todo meu amor.

 

Continue Reading

Le Pain Quotidien

Alô Vila Olímpia, um novo dia, um novo lugar para almoçar (ou nesse caso, para tomar café da manhã, chá da tarde, jantar…)

 

Semana passada fui conhecer o Le Pain Quotidien, casa de pães que abriu uma loja no Shopping Vila Olímpia.  Eu nunca tinha ido em nenhuma das outras unidades espalhadas por São Paulo, mas o nome não me era estranho. De fora o local já é um convite: lindo, rústico, aconchegante. E, para completar, ele fica do lado de uma grande varanda que foi aberta pelo próprio shopping. Ou seja, apesar de ser dentro de uma caixona fechada, a padoca de origem belga recebe muita luz do dia, o que dá outro clima ao lugar.

 

foto 1 (3)

 

Além de mesas para duas e quatro pessoas, o que chama a atenção lá é a grande mesa comunitária no centro do salão. Eu e a Sô não tivemos dúvidas e fomos na linda e enorme mesa de madeira. O cardápio é bem eclético para uma padaria, com saladas, quiches, sanduíches e tartines (uma grande fatia de pão com diferentes recheios, como uma enorme bruschetta). Além disso, tem a sopa do dia e doces que enchem os olhos.

foto 2 (3) foto 3 (1) foto 4 (1)

 

Eu pedi uma (ou um?) tartine de queijo brie com mel e nozes que veio quentinho, cheio de queijo e simplesmente delicioso. A Sô pediu a sopa de espinafre e uma quiche de legumes, queijo e cogumelos. Experimentei as duas coisas e também adorei, mesmo não sendo tão fã de espinafre.

foto 1 (2)

No final ainda dividimos uma mousse duo de chocolate belga que era muuuito boa: deliciosa, leve e nada enjoativa.

foto 2 (2)

 

O serviço, como todo lugar que acabou de abrir, estava um pouco demorado e confuso com garçons e garçonetes esbarrando uns nos outros e não conseguindo controlar a fila de espera que se formou logo depois de sentarmos. Mas o lugar é tão gostoso, tanto de ambiente quanto de cardápio, que eu já não vejo a hora de voltar lá.

Endereço:
Shopping Vila Olímpia 
Rua das Olimpíadas, 360 – Piso 3 CEP: 04531-090 – Vila Olímpia, São Paulo/SP
Telefone:
11 3047.6541
Horário de funcionamento:
De segunda a sábado das 8h às 22h. Domingos das 9h às 22h.
Continue Reading

Arais do Carlinhos

O blog tá quase virando um guia da Vila Olímpia, mas que posso fazer se vivo por aqui agora? Melhor aproveitar o que o bairro tem de melhor e dar a dica para quem estiver por perto.

 

Semana passada conheci um restaurante novo que abriu no topo de uma galeriazinha onde costumo fazer a mão: o Arrais do Carlinhos. Essa na verdade é filial de um restaurante que já existe no Bom Retiro e que, por sua vez, nasceu do tradicional Restaurante do Carlinhos que fica no Pari, mas que, confesso, eu nunca tinha ouvido falar. A pegou um papel de divulgação que dava desconto de 50% no prato e lá fomos nós conferir.

 

A decoração do lugar é uma graça, o cardápio é basicamente árabe e o carro chefe é o tal de Arais: uma espécie de sanduíche no pão sírio. A casa serve também algumas outras coisas, mas nós queríamos mesmo era conhecer a tal especialidade que vem em dois formatos: o tradicional e o cone.

Decoração aconchegante e bastante espaço.
Decoração aconchegante e bastante espaço.

 

Como a Sô sempre diz: quem divide tem em dobro, então pedimos dois sabores diferentes e cada um ficou com a metade de um para as duas provarem os dois. Ela escolheu o Saladinha e eu o de Falafel. Nos empolgamos com o desconto que teríamos e fomos logo no combo: cone + bebida + acompanhamento. As duas escolheram suco de laranja e batata rústica que chegaram bem antes do cone, diga-se de passagem.

Cone de saladinha: Salada da casa com tomates, mozarela de búfala e tapenade de azeitonas. Ao fundo, batata rústica e suco de laranja.
Cone de saladinha: Salada da casa com tomates, mozarela de búfala e tapenade de azeitonas. Ao fundo, batata rústica e suco de laranja.

Cone de Falafel.
Cone de Falafel.

 

Os cones vieram com um molho de azeitona delicioso e nós aprovamos os dois sabores. O de saladinha é bem leve, mas tem uma crocância muito boa no recheio. O de falafel eu também gostei muito pois veio sequinho e super saboroso. A batata rústica vem com alecrim e estava muito boa também, faltando talvez um pouco de sal.

 

O atendimento é super atencioso, mas como estão começando, e com promoção ainda por cima, o local estava cheio e isso se transformou em uma boa demora e até mesmo em erro no pedido. Pedimos o cone de falafel, mas mandaram o prato de falafel. Quando avisamos do erro eles levaram o prato embora na hora, mas o pedido certo demorou para chegar. Por sorte, eu e a Sô havíamos já decidido dividir, então enquanto o segundo cone não chegava, nós comemos o primeiro. Tudo certo no final das contas.

 

Quando sentamos perguntamos se a promoção valia para o combo todo e fomos infomadas que sim, mas quando a conta chegou percebemos que o garçom falou errado: o desconto veio mesmo só no cone e não no combo todo (batata e bebida). Não encanamos com isso e na hora de ir embora, o cara que parecia ser o dono nos parou no meio do caminho, pediu algo para o garçom e nos entregou um pratinho com pedacinhos de bolo. Perguntou se gostamos, se estava tudo bem e essa atenção fez os erros parecerem ainda menores. Como disse, coisa de lugar novo mesmo.

Mimo na saída.
Mimo na saída.

 

No fim aprovamos o lugar: comida boa, ambiente lindo, atendimento esforçado. Como a Sô disse: bom lugar para ir numa sexta-feira.

 

;)

 

O Combo Cone no preço normal custa R$27,90, mas como tínhamos o desconto, acabamos gastando R$22,00 cada.

Endereço:
Av. Dr. Cardoso de Melo, 1671 -Vila Olímpia, São Paulo/SP
Telefone:
11 4323.2290
Horário de funcionamento:
De segunda a sexta almoço até às 16h (em breve passará a ficar aberto até de noite, segundo o garçom que nos atendeu)
Continue Reading

Feriadão

Não vai viajar no feriado?

 

Se estiver próximo de Jaguariúna, eu te diria para testar um lugar que conheci há duas semanas e que achei muito legal: o Naga Cable Park. Meus amigos vieram com uma história de fazer wakeboard e como eu adoro conhecer coisa nova, topei na hora. Confesso que no meio do caminho desisti de tentar brincar, mas chegando lá não resisti. Quando eu teria essa oportunidade de novo?

 

Acabei achando que foi um ótimo programa de fim de semana e, porque não, de feriado?

 

Voltei querendo escrever sobre o local, mas a SôSô fez isso tão bem no blog dela que eu resolvi fazer diferente. Ao invés de escrever da minha maneira tudo o que ela disse, preferi convidar vocês para verem o post completíssimo da Sô.

 

Então clica aqui para saber mais a respeito da nossa experiência e quem sabe, salvar seu feriado?

 

Sim, essa sou eu! :)
Sim, essa sou eu! :)

 

No começo é bem difícil, mas depois de algumas tentativas a coisa começa a parecer possível. Ah, se prepare para a dor nos dias seguintes: uma horinha da brincadeira parece valer alguns dias na academia.

Amigas radicais
Amigas radicais

 

Então vai lá no SôSô Likes para ver mais informações e impressões a respeito do passeio.

 

E bom feriado!

Continue Reading