5 motivos para sentir saudade de São Paulo

Foto: Kaique Rocha

No final do ano passado, eu recebi um áudio do Diretor de Criação da agência Baked me passando um trabalho novo e ele ia mais ou menos assim: “Mel, temos um job para amanhã, para uma campanha de Facebook da lanchonete Ponto Chic. A ideia é fazer uma contagem regressiva em janeiro, postando, um por dia, 25 motivos para amar São Paulo. O desafio é que não é só desenvolver os textos dos posts, mas tem que achar esses 25 motivos!”. Eu ri e respondi que, com a saudade que eu tava, não ia ser nada difícil achar os motivos. Fiquei imediatamente inspirada e empolgada com a missão mas, para ajudar mais ainda, coloquei a música Sampa para tocar. E ao final da melodia eu me vi fazendo o que? Sim, cho-ran-do. Mandei o job pronto naquela mesma noite.

Eu sempre tive uma relação muito forte com São Paulo. Sempre me senti sortuda de, entre todas as cidades do país, eu ter nascido justo na qual tudo acontece. Me sentia grata por não ter que me mudar para fazer faculadade, arrumar um bom emprego, ver shows, comer em alguns dos melhores restaurantes do Brasil (e talvez do mundo). Mas, funny enough, quando cheguei a Lisboa demorei muito tempo para sentir saudade da cidade em si. Acho que parar para pensar em São Paulo e em motivos para amá-la foi como uma parede de uma barragem quebrando e revelando a saudade que tava escondida atrás dela.
E, como hoje é aniversário da minha amada cidade natal, resolvi fazer uma listinha aqui com 5 motivos para sentir saudade de São Paulo.

1. Delivery de comida

É só abrir o iFood (e a carteira) e escolher: pizza? Temos as melhores. Chinês? As pencas. Japonês? Tão fresco quanto uma cidade sem mar consegue proporcionar. Italiano, vegetariano, petisco, hamburguer, indiano? É dinheiro ou cartão? Enquanto aqui em Lisboa só as grandes redes de pizzarias como Dominos e Pizza Hut fazem delivery, em São Paulo o mundo chega à sua casa, muitas vezes em plena madrugada.

2. A cidade já está no futuro

Um amigo brasileiro que também mora aqui Lisboa me disse uma vez que, quando vai a São Paulo, é como se viajasse ao futuro. E eu não havia me dado conta de que é isso mesmo. Para terem uma ideia, meio ainda no assunto do item acima, aqui delivery de McDonald’s só chegou no mês passado e só porque é entregue através do Uber Eats, que também chegou aqui no fim de 2017. Aliás, Uber aqui ainda é ilegal.

3. São Paulo é uma das cidades mais importantes do mundo

Não é bairrismo, juro. Foi mesmo um plim que me deu chegando aqui, ao perceber que muitos grandes nomes internacionais que recebemos já há tempos em São Paulo só agora estão começando a pensar em pisar os pés em Lisboa, ou ainda nem estão. Desde restaurantes e docerias como Burger Joint, Carlos Bakery, Jamie’s Italian (que esse ano parece que chega aqui) e Eataly, como também empresas. São Paulo tem Google Campus, sede do Facebook, Apple Store, Amazon… Ver que Lisboa, uma cidade com ótima qualidade de vida e localização, ainda não tem alguns desses pontos já existentes em São Paulo, me supreendeu. Percebi o quanto o complexo de vira-lata faz a gente pensar que, por estarmos no Brasil, estamos para trás. Mas São Paulo, em muitos aspectos, é mesmo um mundo à parte.

4. Saber fazer filas

Paulistano costuma dizer, em tom de crítica, claro, que São Paulo tem fila para tudo. Bom, já pensou o que seria ter muitas pessoas tentando entrar em um local e não existir fila? Eu te conto como seria: um caos. E aqui já passei por muitas situações em que isso acontece e haja paciência, viu? As pessoas chegam querendo passar na frente de quem já estava esperando, você nunca sabe quem chegou antes de quem, todo mundo se irrita e às vezes nem falam a mesma língua mas saem discutindo por gestos. E, mesmo quando tem fila, não é incomum tentarem furar, o que é sempre muito chato. Enfim, filas são subvalorizadas.

5. As melhores expressões

Não entedam mal. Aqui em Portugal existem muitas expressões maravilhosas, mas eu sou uma eterna apaixonada pelo paulistanês. Tem maneira mais simpática de expressar sua raiva ou adimiração que falando “mano do céu”? E relaxar tomando uma “breja”? E se reunir com os amigos para um “churras”? Mano do céu, eu podia ficar aqui o dia todo acrescentando itens a esta lista!

Claro que a cidade não é só feita de maravilhas, assim como Lisboa tem muitas coisas que me farão sentir muita saudade se um dia não estiver mais aqui. Mas, hoje São Paulo faz 464 anos e eu não podia deixar de homenageá-la com esses 5 motivos para amá-la e sentir sua falta.

2 comments

  1. estou amando receber seus posts por e-mail <3
    amei seu texto e sim, zero inspiração pra esse comentário. mas veja bem, hoje é feriado e está rolando aquele dia preguiçoso rs
    são paulo também sente saudades de vocês!
    beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *