30 antes dos 30 – Leitura | A Vida com Minha Irmã Madonna

 

Fazia um tempo que não tinha um ano com tanta leitura como esse. A soma voltar a andar de metrô + carteirinha da biblioteca + meta agressiva de leitura até fazer 30 anos está trazendo esse ótimo benefício. Acabei ficando com vontade de ir postando por aqui o que tô achando dos livros que tem passado pelas minhas mãos e vou começar com um que peguei por acaso: A Vida Com Minha Irmã Madonna, de Christopher Ciccone. 

 

a-vida-com-minha-irma-madonna

 

A Biblioteca Mário de Andrade, onde alugo livros, todos os meses coloca umas indicações de títulos seguindo algum tema. Em maio os livros indicados eram sobre mães. No caso, esse era “mãe famosa”. Como adoro Madonna e tinha esquecido totalmente desse livro fiquei muito curiosa e aceitei prontamente a indicação.

 

Christopher é um dos irmãos mais novos de Madonna (eles são em seis no total) e também o mais próximo dela, pelo menos até logo antes do livro ser escrito. Ele conta um pouco da infância, da perda super precoce da mãe e de como Madonna já começava a se destacar como uma pessoa que buscava a fama. A relação dos dois é bem delicada: hora trabalham juntos (Christopher até já dirigiu shows de Madonna e também dançou para ela no início da carreira, além de ter decorado várias de suas casas), hora se distanciam, discutem, ficam sem se falar.

 

O livro traz uma visão bem íntima da cantora, e também bem pessoal. Ela é retratada como uma diva que só quer receber elogios e só busca a fama e o bem-estar próprio a maior parte do tempo. Uma visão que dá uma bela decepcionada nos fãs (oi) pois ela ficou me parecendo super egocêntrica e fora da realidade. Em alguns outros momentos, seu irmão tenta lhe dar algum crédito seja pelo passado sem uma mãe presente, seja por alguns atos lidos por ele como gentileza. Paralelo a isso, Christopher fala de sua própria trajetória pessoal e profissional, mas é engraçado como tudo de alguma forma está ligado à Madonna. Desde a descoberta de sua homossexualidade, até seu ingresso na dança, no design de interiores, na direção de shows e de videoclipes e por aí vai.

 

O livro foi lançado em 2008 então está já meio defasado em relação à vida e carreira de ambos, mas mesmo assim devorei ele rapidinho. Como comentei, ele tem uma visão bem unilaterial da história e é pautado completamente na visão de mundo de Christopher que muitas vezes me pareceu sim um pouco folgado e sem auto-crítica. De qualquer forma, eu havia esquecido como é legal ler biografias! Então eu gostei muito do livro pois mergulhei nesse universo tão distante do meu, mas que existe mesmo. Foi como virar uma mosquinha que seguiu a vida de Madonna e viu alguns lances que pessoas de fora não saberiam como aconteceram. 

 

30 antes dos 30 2

 

 

O 30 antes dos 30 é uma lista com 30 coisas que quero fazer antes de completar 30 anos. Uma delas é ter lido pelo menos 200 livros até lá. No momento faltam 370 dias para a chegada dos trintão e eu já li 139 livros. Quer saber o que tem no resto da lista? Ela está completinha aqui.

 

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *